1 de maio de 2010

Coração de Tinta - Resenha

Deve ser muito maravilhoso conhecer os personagens de seu livro preferido pessoalmente, não é?! Mas é claro, só aqueles personagens legais e bonzinhos, pois os vilões só iriam causar uma confusão por aqui!

Pois é exatamente isso que acontece na história de Meggie e seu pai, Mo. Numa noite qualquer, quando Meggie era uma criança, Mo lê para sua mulher um livro chamado Coração de Tinta em voz alta, e traz à vida alguns de seus personagens. Ao “despertar” esses tais personagens, sua mulher acaba indo parar dentro do livro junto com dois gatinhos que a família tinha. Meggie não sabe nada sobre a história até quando, nove anos depois, um estranho aparece em sua casa no meio da noite. Ele e seu pai parecem ter muitos assuntos para conversar, e na manhã seguinte precisam viajar às pressas. Na hora Meggie nota que seu pai esconde alguma coisa dela, e ai a aventura começa.

Uma leitura gostosa, acompanhada, a cada começo de capitulo, por uma citação de livros bem conhecidos, como Senhor dos Anéis e As Crônicas de Nárnia, tornando tudo mais mágico ainda. Afinal, ao abrir um livro, encontramos todo o tipo de coisas, boas ou más, mas acima de tudo, está a magia que esse livro nos passa ao ser lido

5 comentários:

jessica3rd disse...

ahh que legal, vou ler concerteza.
vai ser meu proximo livro,depois que eu terminar um da Clarice.
LARI,eu amoo jeito que tu faz as resenhas.
continue assim
^^

Liv disse...

Esse livro é um dos meus favoritos, eu amei quando o li! Agora quero é reler pra poder comprar Sangue de Tinta. :D

Bjs.

Vinha disse...

Aaahh eu to enrolando pra ler D: Ainda lá no capítolo 18 ._.

Tá sendo um dos melhores que eu já li, tem frases incríveis! Amando!!

xoxo ;*
Vinha.

Vinha disse...

Ah, Lari, quando vc quiser postar algo no Torta só falar, viu? -q

Dandra disse...

Vc descreveu tão bem o livro, que me deu uma grande vontade de ler agora. Eu só vi o filme, que é ótimo, e pela sua descrição do livro, o filme até que não fugiu muito né?