7 de fevereiro de 2011

Resenha - Love Story de Erich Segal






Um jovem de família muito rica e estudante de Direito conhece e se apaixona por uma estudante de música e acabam se casando algum tempo depois. Porém, o pai do rapaz não aceita a nora, por ela ser uma moça de família humilde, e acaba deserdando o filho. Algum tempo depois, a moça tenta engravidar e não consegue; vai então fazer exames e descobre que está gravemente doente.





   
  
 
Oi gente!!
Primeiro vou explicar porque estou vindo com uma resenha de um livro que li faz um tempo... bom, minhas aulas começaram (faculdade galerinha, FACULDADE!! \o/), e eu estou relendo alguns livros >aka todos das Desventuras em Série< pq to meio que esperando as coisas acertarem aqui e na escola pra poder ler algum livro novo, isso sem contar que estou com poucos livros novos aqui (poupando pra quando realmente não der nem pra ler no celular), e ler no pc fica meio dificil. Então, pensei em fazer a resenha desse livro lindo que li no começo do ano e que não sei porque deixei de resenhar e postar. Okay então galere? Okay, vamos à resenha:


Minha mãe vinha me falando desse livro há muito tempo, dizendo que ela tinha e que estava em algum lugar da casa da minha avó, mas naada desse livro aparecer. Ela ficava me falando que a história era linda e rápida de se ler, e eu só esperando, chupando o dedo, né.


Até que, num belo dia de verão, com muito sol e passarinhos cantando eu passei na casa da minha avó e lembrei da maldita caixa de livros que ela ficava falando que tinha e que era pra eu dar uma olhada. Lerda como eu sou, demorei pra lembrar. Mas quando fui la, tratei de dar uma olhada e encontrei o paraíso de livros antigos e capas dura kkkk Ta, nem tão paraíso assim, afinal aquele cheiro de livro antigo me faz mal, mas ainda assim, muito livro bom. E Love Story estava lindinho la no meio. Foi o primeiro que peguei.

Na hora que comecei a ler, não no mesmo dia, claro, mas numa outra bela manhã das minhas férias, não consegui parar. A história é LINDA, como minha mãe ficava falando, e lembra um pouco de Um Amor Para Recordar, sabe? Nicholas Sparks? Pois é. Mas não vou falar o motivo de lembrar, só que lembra. Além do romance lindo que ambos possuem, claro.

A história é sobre dois jovens estudantes que se apaixonam e casam muito jovens.
Oliver Barret é um estudante de direito de Harvard, rico, que vivia estudando na biblioteca da Radcliffe College, uma universidade feminina, com o objetivo não apenas de paquerar, apesar de o fazer muito. E é nessa biblioteca que ele conhece Jennifer Cavilleri, estudante de música dessa universidade feminina. Na primeira conversa deles, é meio difícil imaginar que um dia fossem namorar, quanto mais imaginar eles se casando. O até então filhinho de papai estudante de Harvard com a independente e inteligente estudante de Radcliffe. Meio difícil. Mas acontece. E por os dois serem assim, tão diferentes, é que torna tudo mais lindo.

Jennifer é bem afiada nas palavras, fala com sinceridade, sem pensar, e isso encanta Oliver mais do que ele gostaria; Já Oliver é um pouco estúpido no começo, mas vai melhorando conforme convive com Jennifer.

Contra a vontade do pai rico, que não gosta muito da nora humilde, Oliver e Jennifer se casam e passam a não ter ajuda alguma dele. Precisam viver por conta própria, o que se mostra muito difícil nos primeiros anos de casado.

Jovens, apaixonados e quase sem dinheiro para sobreviver, mas com um amor impossível de ser medido em palavras ou ações, eles lutam para ficarem juntos. Um amor lindo e infinito. Um amor que vale a pena ser lido e lembrado. E eu recomendo muito essa leitura!

Só que infelizmente ta dificil de achar o livro, só em sebos mesmo, porque ele é bem antigo. Tem o filme, e o DVD ta baratinho na Saraiva, se alguém se interessar em assistir. Enquanto isso eu vou lá encher o saco da minha mãe pra ela comprar hehe

2 comentários:

Lari Caldieri disse...

teste

Ana disse...

Amei a resenha e o blog. Eu ainda não tive tempo de ver tudo, mas pelo que eu vi, é parece ser muito maneiro o seu blog.