22 de fevereiro de 2011

Assistindo Não Me Abandone Jamais



Sinopse: Baseado num elogiado best-seller de Kazuo Ishiguro, Não me Abandone Jamais é uma bela história de amor, perda e verdades encobertas. Kathy (Carey Mulligan), Tommy (Andrew Garfield) e Ruth (Keira Knightley) passam a infância em Hailsham, na Inglaterra, um aparentemente idílico colégio interno onde descobrem um segredo sombrio e assustador sobre seu futuro. Ao deixarem a proteção da escola para trás e se aproximarem cada vez mais do terrível destino que os aguarda quando se tornarem adultos, eles terão de lidar com sentimentos profundos de amor, ciúme e traição que ameaçam separá-los.

Gênero: Drama, Ficção Científica e Romance
Tempo: 103 min.
Lançamento: 2010
Classificação: 16 anos.




~*~ 


Fui assistir o filme sem saber o que esperar. Não li a sinopse, não li nada sobre o filme, vi apenas algumas imagens no tumblr e tinha me inspirado no estilo da personagem da Keira pra uma fanfic, sem saber de onde era a imagem que achei. Só. Sabe quando você está caçando um filme pra acabar com o tédio do fim de semana e se depara com um que você já ouviu falar, mas não sabe exatamente sobre o que é, e assim mesmo baixa? Foi bem assim. E ao terminar o filme eu estava assim:
É uma história de amor e amizade que te toca lá no fundo, e te faz pensar sobre o quanto as amizades valem, e sobre o quanto é importante aproveitar o tempo que você tem com as pessoas que ama.
A história se passa pela perspectiva da Kath H. (personagem de Carey Mulligan) já adulta, onde ela revive as lembranças de sua infância passada no colégio Hailsham, uma espécie de internato onde o único objetivo deles era criarem crianças para se tornarem doadoras de órgãos vitais quando atingissem a maioridade.
Kath H. era melhor amiga de Ruth, personagem vivida por Keira Knightley, e era apaixonada por Tommy, personagem de Andrew Garfield, um garoto quieto e um pouco problemático. Com ciúmes, Ruth passa a se interessar por Tommy e o rouba da amiga. Kath convive com isso a vida toda, vendo os dois melhores amigos juntos enquanto ela fica cada vez mais sozinha.
Ao atingirem a maioridade e se mudarem para outra cidade, os amigos continuam juntos, cada vez mais assombrados pelo futuro do qual eles não podem fugir. Eles foram feitos para isso, e não há forma de lutar contra. Tudo que eles podem tentar fazer é sobreviver após as primeiras doações.
Kath torna-se cuidadora e acaba afastando-se de seus amigos por longos anos, enquanto eles são preparados para as doações. Ela torna-se uma adulta solitária e calma, e o filme mostra muito esse distanciamento dela, que foi em grande parte causado pelo relacionamento da melhor amiga com o amor da vida dela.
O filme mostra o amor e a amizade como um sentimento capaz de mudar e transformar as pessoas, e mesmo o destino delas sendo algo triste e horrível, pode ser um pouco melhor de ser suportado estando acompanhado de quem realmente se importa.
Boa parte da história eu tentei entender como crianças inocentes foram destinadas aquilo, sem poder fazer nada para mudar, e apenas convivendo da melhor maneira possível com o que lhes foi ordenado.
Bom, falando no elenco agora. O elenco é uma das melhores partes de “Não Me Abandone Jamais”. Você nota como eles são próximos, como conseguem contracenar harmoniosamente, e é muito difícil imaginar outros atores para os papéis. Até o elenco infantil tem algo especial, que só torna o filme ainda mais bonito e tocante.
Adoro os filmes da Keira, ainda mais esses de época. Acho que ela se torna uma atriz muito melhor. A Carey eu já tinha tido uma idéia de como ela era boa ao assistir Pride & Prejudice, um dos meus filmes preferidos, e ela + Keira só pode dar coisa boa, as duas são realmente ótimas! E esse foi o primeiro filme que assisti com o Andrew, mas tudo que tenho a dizer sobre ele é que ele é um fofo, e se encaixou perfeitamente no personagem.

Bom, assim que eu terminei o filme, com aquela minha cara de quem passou horas chorando, eu fui procurar saber mais sobre o livro. E lá vou eu toda feliz caçar ele pelas lojas. O único grande problema é o preço: R$58,50. Uma enorme facada no meu coração, é. Só achei pra vender na Saraiva, não encontro nos sebos, nem em outra loja com um preço mais acessível. O jeito é comprar em inglês, com a capa linda que tem do filme, e tentar ler. Mas eu recomendo o filme ZILHÕES DE VEZES, PORQUE É MUUUUUITO LINDO!! E pra quem tiver coragem de gastar tudo isso no livro, depois me conta o que achou :D

5 comentários:

£ädÿ disse...

deu vontade de chorar só com esse título e essa sinopse, meu deus. deve ser um drama do inferno do tipo que me deixa soluçando por horas!! e tem o Adnrew Gatinho Garfield, claro que vou ver
ótima dica o/

Karine Marinho disse...

Confesso que eu já tinha ouvi do sobre esse filme e a primeira coisa que me interessou foi o fato da Keira tá no elenco, ela é o tipo de atriz que eu acho incrivel! :D Culpa de Piratas do Caribe e Orgulho e Preconceito. Fiquei com muita vontade de assistir o filme!
Beijso,K;
Girl Spoiled

Ministério disse...

Olá, blogueiro (a),

Salvar vidas por meio da palavra. Isso é possível.

Participe da Campanha Nacional de Doação de Órgãos. Divulgue a importância do ato de doar. Para ser doador de órgãos, basta conversar com sua família e deixar clara a sua vontade. Não é preciso deixar nada por escrito, em nenhum documento.

Acesse http://bit.ly/cMyN1F e saiba mais.

Para obter material de divulgação, entre em contato com comunicacao@saude.gov.br

Atenciosamente,

Ministério da Saúde
Siga-nos no Twitter: www.twitter.com/minsaude

Nathaly disse...

Oi! Nossa, realmente não tem como não ficar emocionada com esse filme, é muito bom mesmo! :)
E concordo contigo quanto ao elenco! E as crianças arrasam também, impressionante como encontraram uma garotinha tão parecida com a Carey!
Sério que o livro tem esse preço, affe, ninguém merece! Tem que ter coragem mesmo pra comprar hihihi

Abraço!

Laís Kunhasky Spilere disse...

Seguindo este blog!
Adorei.

Um beijo grande,
http://www.laiskunhasky.blogspot.com/