8 de novembro de 2010

Resenha - Escuridão de Elena P. Melodia

Alma tem 17 anos, e nada em sua vida difere das meninas de sua idade: escola, programas com seu grupo de amigas, tédio e impaciência na relação com a família. Até o dia em que vê um caderno roxo numa vitrine e, por puro impulso, o compra. A partir daí, acontecimentos horripilantes começam a se suceder. Todos descritos em detalhes nas páginas do caderno...antes de acontecerem. Com a letra dela. Que não se lembra de ter escrito nada. Quem é Alma, na verdade? Quem é Morgan, seu misterioso amigo de escola, que parece ter respostas para o que está acontecendo? E como impedir que as forças do mal se aproximem dela e de quem ela ama?







~*~


Quanto a vida de uma simples garota de 17 anos pode mudar com um simples caderno? Muito, garanto a vocês.


Alma é uma garota bonita e comum, que perdeu duas amigas num acidente de carro e sobreviveu apenas com uma cicatriz embaixo da orelha. Mas isso já é passado pra ela, mesmo sendo um passado perturbador.

Em seu colégio novo e feio, tem como melhores amigas Seline, sempre alegre e curiosa; Agatha, tímida e calada; e Naomi, viva mas equilibrada, sempre dizendo o que pensa. Tem uma mãe normal, um padrasto fedendo a gordura, e um irmão muito rebelde e esquisito. Pra entrar em seu grupo de amigas, é necessário passar por um batismo, para ver se a garota está apta para o grupo, se ela merece estar ali. E ai da pessoa que mexer com quem é desse grupo. As conseqüências não são nada boas.

No início do livro Alma já fala do caderno: “Comprei ontem. Estava à mostra na vitrine de uma papelaria no centro, uma lojinha sem graça que nunca tinha notado antes. Deve ter sido pela cor, roxo, mas logo achei que era lindo. Ainda não sei se ou o que vou escrever. Mas estou contente por tê-lo comprado. Precisava ter aquele caderno e ponto final.”

Nesse caderno, Alma começa a relatar acontecimentos antes mesmo deles se concretizarem. Ela os escreve no meio da noite, mas acorda sem ter noção de ter feito isso. São assassinatos terríveis, cometidos pela mesma pessoa, ao que parece. Ela tenta entender o padrão para salvar uma vítima, mas acaba entrando em perigo, e aí é que ‘surge’ Morgan, o lindo e louro Morgan, que parece sempre adivinhar quando ela precisa de ajuda.

O livro é cheio dos acontecimentos, uma história se mistura com a outra, e é bem agitado nesse sentido, o que faz com que você não queira parar! Mal posso esperar para ler Sombra!

7 comentários:

£ädÿ disse...

aaah, adorei a sinopse desse livro logo de cara *-* adoro um bom mistério sobrenatural!! mais uma série que vai entrar pra minha listinha... :P
beijocas

vanessa disse...

Ah man, to louca pra ler esse livro e ainda leio resenhas só pra ficar ainda mais curiosa UAHSUAS Adorei a resenha, achei demais *-*
Beijos, Vanessa.

Liv disse...

Ainda tô meio em dúvida se coloco esse livro entre os que quero ler ou não. Parece o tipo de livro que me enjoou, apesar de ter me deixado curiosa.

:*

Karine Marinho disse...

Ain, quero muito ler esse livro desde de quando você começou a postar os quotes no tumbrl, achei muito cute (?). Vou comprar o mais rápido possivel, graças a chegada do natal/aniversário *---*

Julia disse...

Eu já queria ler este livro por influência de uma amiga minha. Sua resenha está muito boa, mesmo, do estilo que te deixa com mais vontade ainda de ler! Parabéns pelo blog!

Lari Caldieri disse...

Fico muito feliz quando minhas resenhas deixam vocês com mais vontade de ler! rs

SaloméFernandes disse...

quero o livro pra ontem! resenha está legal.
beijoos